Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘chuva’

cade-o-frio-deste-invernoOu eu deveria perguntar cadê o Inverno Carioca de 2015? Já adentramos no mês onde esta estação passa a vez para a Primavera e nada de uma frente fria de responsa permanecer por um longo período.

Chuva não cai faz tempo! Muito raramente uns respingos que nem molha a terra já árida. Já que basicamente é por ela que o frio nos chega.

Meus “negões amados” nem umas merecidas férias tiraram. Tudo bem que estão em potência mínima, mas não ficam parados, o revezamento continua.

Não sou uma pessoa pessimista, nem muito menos alarmista. Mas essa falta de frio em pleno Inverno me leva a pensar que teremos um tórrido Verão. Daqueles de “fritar ovo na sombra”… Oh céus!

E contando com o que o Serviço de Meteorologia previu para hoje: da onda de calor ir embora. Pelo menos isso… 

Anúncios

Read Full Post »

chuva_outono_ao-marrasquinoUma pausa para amenidades nessa manhã de Outono… Começando pelo tempo que por cá, Rio de Janeiro, dias mais frios só mesmo com dias chuvosos… Mas é uma pena que o serviço de meteorologia disse ontem que essa frente fria já estaria indo embora… Vai não! Até porque dias mais quentes poderão vir. Que por certo não mais tão quentes como antes, mas… Um friozinho gostoso é sempre um convite para…

Às leituras de livros iniciados no Verão adentrou o Outono… Com mais dois já na espera… Continuo com o “Mary Poppins e sua criadora – A vida de Pamela Travers“, de Valerie Lawson. O qual me veio a vontade de lê-lo com o filme “Walt nos Bastidores de Mary Poppins“. Um livro que já desde o início eu senti que seria um daqueles em que levaria um tempo maior para ler por ir parando para copiar certas citações, frases, passagens… E continuo amando!

Além da Séries que estou acompanhando, tais como “Scandal” e “How to Get Away with Murder” – que aliás tem episódios inéditos hoje -, além das investigativas… Finalmente assisti, e pelo Telecine Cult, o filme “Trem Noturno para Lisboa” (2013). Belíssimo! Que nos mantém atentos até o final. Jeremy Iron faz um Professor que de repente larga tudo para ir atrás da real história de um escritor e sai revigorado. Mas confesso que senti falta do idioma português nas falas… Assim como do idioma russo em “A Última Estação” (2009)… Ambos os filmes trazem como pano de fundo um passado político do país… O que não deixa de ser uma bela aula de História! Recomendo ambos os filmes!

O que não pode faltar em sua geladeira?… Certa vez abri um tópico no Orkut com essa pergunta… Algo bom de lembrar pelo retorno que teve… Indo desde o que é indispensável até a gostos mais particulares… E nesse segundo item…

Algo que gosto muito são Cerejas ao Marrasquino! Que só fui provar na juventude. Não sei se na época da infância era algo caro demais… Mas a primeira vez foi por conta de uma bebida… Que até por ter gostado, depois passei a dizer que elas é acompanhavam a dose de Martíni… colocava bem mais do que uma nesse drink… Mas agora saboreio somente elas. Amo o doce azedinho… E ontem ao pegar o pote na geladeira vi que está acabando… Preciso comprar mais… Tem também com cerejas verdes, mas ai são com Licor de Menta… Dizem que há quem venda chuchu por cerejas… Acho meio difícil já que as cerejas têm um sabor tão peculiar e o chuchu não tem sabor nenhum… Por sorte eu ainda não me deparei com nenhum pote desses… Enfim, até pelo baixo preço atual nem deve ter mais o verdadeiro Licor de antes que tanto agradava as realezas… De qualquer forma, em dias mais frios Cerejas ao Marasquino também é uma boa pedida!

Deixamos algo de nós para trás ao deixar um lugar. Permanecemos lá, apesar de termos partido. E há coisas em nós que só reencontraremos ao voltar. Viajamos ao nosso encontro quando vamos a um lugar onde vivemos parte de nossa vida por mais breve que tenha sido.” (Do filme “Trem Noturno para Lisboa“)

Read Full Post »

janeiro-2015_foiEnfim, o GPS de São Pedro achou o meu bairro! Está chovendo! E o melhor de que é uma chuva mansinha como a do Inverno. Já que as de Verão acabam fazendo um estrago maior e entre eles o de faltar energia elétrica. Gente! O Rio de Janeiro estava mesmo precisando dessa chuvinha mansa. Que se continuar nessa batida, e caindo durante à noite, ficará mais fácil atravessar o Fevereiro. Até porque o Verão vai até Março. Oh céus!

E falando em atenuar o calor… Para quem acompanhar esse blog a mais tempo está ciente das histórias da Jaqueira bem em frente ao meu quarto: de que a salvei de ser abatida duas vezes… Mas não consegui salvá-la do “Cortem a cabeça!“… por uma moradora do terceiro andar: queria visão por completo e foi prontamente atendida… Com isso posso reafirmar que essa jaqueira é uma sobrevivente da sanha de umas “pragas urbanas” que há por aqui… Como agora ela só atinge até o segundo andar, “impedida” de expandir… Seus frutos dessa vez quase alcançaram o chão, mas dando uma colheita farta entre funcionários e moradores do condomínio, e que quase acabaram nesse mês de Janeiro: é que restou ainda uma jaca no pé. Quem será o que virá pegá-la?… Ah! Serão outras histórias dessa Jaqueira Guerreira…

Enfim, tivemos um mês de Janeiro como nunca se viu antes. Calor e seca infernal! Embora trazendo uma chuvinha nessa despedida… Digo a ele: Feche a porta ao sair!

Read Full Post »

iraja_rjHá um tempo atrás quando o telejornal local citava os Bairros mais quentes do Rio dois se destacavam: Bangu, Realengo… Mas recentemente aquele que “ganhou” esse título tem sido o que eu moro: Irajá. Aí vem em querer saber o porque. Sem levar em conta o calorão que é comum a todos. Mas na causa das altas temperaturas que tem feito de Irajá o bairro mais quente do Rio. Bem, ele tem estado sempre no topo…

Falta de áreas verdes, não é. Ainda tem bastante. Recai então na falta de chuva. Mas aí vem no por que não tem chovido em Irajá?

Desde quinta-feira passada tem chovido em vários bairros, mas nada por aqui. Bem nesse dia até que caiu uma chuvinha, mas tão rápida e fraquinha que nem abaixou a poeira. Parecendo então estar explicado pela falta de chuva. Deve ter uma zona de convergência bem em cima daqui afastando a chuva.

Vem chuva! Cai com vontade em Irajá!

Read Full Post »

a-chapa-ta-quenteBom para a cidade do Rio de Janeiro que um certo tiro que não saiu pela culatra… Estaria o Outono Carioca 2014 trazendo uma ducha fria para as manifestações?

É que os ataques recentes às UPPs*¹ deu a oportunidade que faltava ao Governo do Rio – e até aos cidadãos contrários vandalismos -, uma proteção também para a Copa do Mundo. Claro que essas unidades merecem toda a proteção para seguirem adiante! Mas ao trazer a Força Nacional*² e até um contingente das Forças Armadas*³ poderá se estender até esse mega evento internacional para as possíveis manifestações contrárias. Que do repúdio para o quebra-quebra a transposição costuma ser um pulo. Que façam as manifestações, mas sem violentar aquele que quer participar da Copa do Mundo 2014. Recebendo com gentileza esses torcedores, como também que irá trabalhar nesse evento que se inicia no dia.

Uma outra transposição advinda da grande estiagem no Verão passado ainda irá esquentar a chapa nesse Outono 2014. Alckmin versus Cabral pela captação de águas do Rio Paraíba do Sul. Levando a provavelmente 23 municípios do Rio de Janeiro a rezarem para São Pedro fazer chover muito no Sistema da Cantareira. Pensando no Paulistano diante do racionamento de água. Mas sem prejuízo para o fluminense que precisa desse rio em sua produção agrícola e pecuária.

E finalmente caiu uma chuva nesse início de Outono. Caiu com vontade, mas num curto espaço de tempo. Que pela longa estiagem a chuva caiu como quando se joga uma água numa chapa quente: vapores quente subindo. Logo, ainda não estamos em clima outonal. Precisa cair muita chuva para refrescar a temperatura dos dias e noites. Como também dando uma ducha fria nos ânimos dos mais exaltados. Hora de torcer à favor!

– *¹: Unidades de Polícia Pacificadora.
– *² Polícia Civil, Militar e Federal.
– *³: Exército, Marinha e Aeronáutica.

Read Full Post »

outono-2014Já que as águas de março não fecharam a estação anterior… Que então abra os caminhos do Outono que se inicia hoje.

Que o Outono 2014 traga chuvas para a cidade do Rio de Janeiro. Mas também e em maior quantidade para São Paulo que no calor do momento pleiteia pelas águas do Rio Paraíba do Sul. A gota d’água é pela vazante do Sistema Cantareira que abastece a capital paulista. Pois já houve racionamentos de águas. Perigando por um muito maior para os lares dos paulistanos.

Tudo isso denota o imediatismo dos governantes. Entra mandato, sai outro a política continua buscando pelo caminho mais fácil e mais rápido. Numa de que investimentos a longo prazo não traz votos. Despoluição permanente dos rios, controle na expansão habitacional urbana, leis que preservem nascentes… São apenas exemplos do que se faz necessário a continuidade. São interesses do povo à mercê dos Partidos Políticos. A transposição do Rio Paraíba do Sul para o Sistema da Cantareira não pode ser por desespero de causa. Precisa de um estudo até do impacto ambiental nos dois Estados.

Só para se ter uma ideia do descaso com esses “reservatórios” de água… Um estudo recente da organização SOS Mata Atlântica analisou a qualidade da água de 96 rios, córregos e lagos de 7 Estados Brasileiros. Revelando que 40% foram classificados como ruins e péssimos. Apenas 11% dos rios e mananciais apresentaram boas condições; e estando eles em Unidades de Conservação (Parques ou Reservas) e em locais onde a mata ciliar foi recuperada. Já os piores desempenhos ficaram em grandes adensamentos urbanos; e em grande número em São Paulo.

O estudo corrobora que a Região Sudeste necessita de uma política permanente que integre meio ambiente e população. Começando a educação nas Escolas e caso não haja uma conscientização pelos adultos recorram às multas. O Tolerância Zero com o lixo jogado nas vias públicas merece aplausos. Vale ressaltar também que as principais fontes de poluição e contaminação decorrem da falta de tratamento dos esgotos domésticos, de produtos químicos lançados, de lixos descartados de forma inadequada pelas cidades e de defensivos e fertilizantes pelas zonas rurais. Além do desmatamento.

Se essa tomada de decisão já adentrou no Planalto… estando em ano de Eleições… já da para imaginar o valor de cada gota dessa água. O jeito é ficar de olho no rumo desse rio…

Em quanto isso, seja bem-vindo Outono 2014!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: