Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Família’ Category

paralimpiadas-2016_eu-fuiCreio que a hashtag #Temqueir usada antes para incentivar a compra de ingressos… Também seria a melhor tradução de quem foi e então incentivar quem ainda não foi nas Paralimpíadas 2016! Gente! Tem que ir! E vivenciar uma experiência ímpar! Emocionante! E até revigorante pela garra, força e muito mais vinda dos Atletas!

Eu confesso que não tenho nem um quinto da garra deles! Até porque sempre fui preguiçosa no tocante a práticas esportivas… A minha superação consiste no dia a dia, e até em coisas simples como tomar banho… Enfim, a hora é deles, os Atletas Paralimpícos! Cujos obstáculos a serem vencidos consiste até em fazer do Esporte uma Profissão! Eles são 10! São nota 1000! Independente de obterem Medalhas: já são todos Vitoriosos!

E falar de toda a estrutura da Cidade Olímpica e tudo mais… Parabéns ao Prefeito Eduardo Paes! Até por mostrar ao Mundo que o Rio de Janeiro poderia sim realizar a Rio 2016! É algo fabuloso! De nos deixar orgulhosos! Bravíssimo!

#Temqueir

Read Full Post »

minha-ex-jungleNos tempos áureos do Orkut eu morava em outro lugar… E numa casa com muitas árvores no quintal… Tantas que para a turma de lá eu dizia morar numa jungle…

Fazia um bom tempo que eu não ia lá! A floresta de árvores que com exceção de uma, todas as demais foram plantadas pelos meus pais, continuam. Tirando uma grande Tamarindeira que caiu por força do vento. Um dos meus irmãos que está morando lá agora tem plantado mais…

Dos animais silvestres que por lá aparecem, e entre eles macaquinhos e esquilos, nesse dia não apareceram… Quem fez a festa comigo foi Spik! A “grande fera” dessa jungle…rsrs Nem parecia que estava me vendo pela primeira vez… Tendo apenas seis meses de vida… Se crescer mais vai ficar difícil fazer a festa igual numa próxima visita: ficarei pequenininha… E mesmo com todo o tamanho ele ainda é um meninão!

Bem, a jungle continua muito linda! Foi bom revê-la! Até por reafirmar a certeza de que não quero mais voltar a morar lá! Minha locomoção por lá é muito dificultoso, além de ser distante de tudo! Assim, só para uma visita e em um único dia!

Read Full Post »

aniversario-de-mamy_2016Minha Mãe! Completando hoje mais um aniversário: 82 anos. No qual eu reafirmo que ela ainda tem pilha para outros mais! É uma aquariana em mega voltagem! Eu confesso que não tenho o mesmo pique que ela! Até tenho, mas num ritmo muito mais lento. Como era o do meu pai… Nem adianta falar para ela desacelerar: já é da natureza dela!

Outra coisa bem peculiar dela é de o que ela tem que fazer tem de ser feito na parte da manhã. Para algumas coisas eu até concordo! Mas, por exemplo, faxina, arrumação, limpeza em geral dentro de casa eu acho que pode ser feito em qualquer horário. Desde é claro que seja em silêncio para não incomodar vizinhos caso se faça faxinas à noite! Bem, como ela gosta de ser assim, também não digo mais que “Somos aposentadas! Logo sem marcação de ponto!“!

Além de outras diferenças nossas… Aquela que realmente tem sido bem crítica no quesito convivência é que estamos em lados opostos na política: Mamy é coxinha! 😦 Das que acredita no “Jornalismo” da Globo e da Globo News. Endeusando alguns dos jornalistas desses canais… Bem, coxinha é coxinha! Mudando apenas a potência do ódio… Eu até tentei “salvá-la”, mas tem sido tarefa impossível! Se bem que meu coração ainda me diz para insistir! Enfim, tudo isso me leva a um exercício diário de paciência! E aí sou eu a fazer uso de uma mega dose de paciência!

Assim vamos nós seguindo em frente, juntas, lado a lado… Onde ambas querem viver muito ainda! Ficando aqui minha admiração pela ainda disposição que tem! Nada pelo posicionamento político! Muito pela guerreira do qual herdei uma parte! E mesmo com todas as nossas divergências…

EU TE AMO MÃE! Feliz Aniversário! 

Read Full Post »

primeira-vez-no-engenhao_nov-2015O desejo de conhecer o Engenhão e claro com uma partida do Botafogo foi realizado. Junto com o meu sobrinho Neto lá fomos nós assistir o jogo do Botafogo e…

Sobre o Estádio Nilton Santos, o Engenhão, ele é muito maior do que eu imaginava. Quanto a bela arquitetura que até então eu só tinha visto por fora por dentro também é! Se bem que por estar com a pista de Atletismo (em torno do campo) em reforma não pude vê-lo com todo o seu esplendor do lado de dentro. Mas gostei!

Eu nem quis saber do direito a gratuidade por ser cadeirante. Que isso fique para uma outra vez, ou não. É que posso ter que ficar separada do meu sobrinho e disso não abro mão! Até por ele ser uma excelente companhia! Sendo assim: é ingresso sendo pago! Fomos de Camarote, mas no conforto do ar refrigerado só no intervalo da partida. Enquanto a bola rolava ficamos do lado de fora. Não há acessibilidade nele. Contei mesmo com a ajuda do meu sobrinho. Em relação ao campo ele fica bem alto, dos jogadores ficarem pequenininhos…rsrs Numa próxima vez quero ir nas cadeiras para ficar próximo ao campo. Mas mesmo distante fica mais coerente “aconselhar” os jogadores dali no estádio do que de casa vendo pela televisão.

Bem, nessa minha primeira vez em que eu fui ao Engenhão o Botafogo perde e por 3×0. Mas me recuso a ser um “pé frio” porque não foi uma partida disputada já que o time adversário, o Santa Cruz, foi o único que entrou em campo para ganhar. Eles sim jogaram bem! Tanto que eu aplaudi o terceiro gol! Fazer o que se mereceram os aplausos! Quanto aos jogadores talvez esqueceram de beber o tal Guaramix…rsrs É que estavam lerdos…

Enfim, eu digo que valeu a ida ao Engenhão! E de querer voltar!

Read Full Post »

sala-de-aulaSeguindo a máxima que diz que “é de pequenino que se endireita o pepino” se faz necessário levar valores éticos, morais e até cívicos para as crianças! Já que é mais difícil com os adultos… Que as novas gerações já tenham consciência até em se viver numa sociedade com direitos e deveres pessoais sim, mas principalmente por um pensamento voltado pelo coletivo. Onde até em jogar um papel de bala no chão é saber que é algo errado, e só para ficar num exemplo simples. E que sem tirar também a responsabilidade dos Pais, a Escola do Ensino Fundamental também tem o seu papel relevante na Educação e na formação do caráter das crianças!

Mostrar a elas que os valores morais e éticos não podem ser seletivos. Há atualmente uma inversão de valores principalmente nos grandes centros urbanos. A criança passa então a aceitar que o desrespeito, a violência física e verbal, o destruir patrimônios públicos e privados… que tudo isso está correto até por ver um adulto da própria família tendo essa atitude. Dai ser até importante dela ser levada a refletir sobre as conseqüências desses atos. E um Professor tem todo o ferramental para levar todo esse entendimento a elas. Elas poderão discernir entre o que é certo do que é errado, e do que não é nada ético.

Sinto eu não ter uma melhor argumentação em querer a volta dessa disciplina, Educação Moral e Cívica, no currículo escolar do Ensino Fundamental. Talvez por essa onda de protesto por certa “elite” não satisfeita em ver que os excluídos de antes agora tem vez! Talvez por esse Congresso que está aí! E aí pensando também nas futuras Eleições com esses futuros eleitores, quiçá possíveis políticos com novos e corretos valores! O importante é deixar claro que não se trata de uma catequese com essa disciplina escolar! Até porque um bom Professor ao transmitir o tema em aula ele também irá ensinar a maneira de entender, de avaliar, de ponderar e questionar essa informação. Gerando adultos mais conscientes e para o bem comum a todos os cidadãos!

Creio que muitos dos Políticos de hoje não irão gostar da conscientização dessas novas gerações, mas o Brasil até o de agora, sim! Com um governo voltado para o povo. Urge que mais cidadãos estejam com o pensamento voltado para coletivo.

Assim, levantando a bandeira que pede a volta Educação Moral e Cívica no Currículo Escolar no Ensino Fundamental!

Read Full Post »

filtro-torneira_cozinhaEm casa de cadeirante e pobre em vez de grandes reformas para uma melhor acessibilidade o jeito é ir se adaptando! Com aquilo que tem na casa somado ao que dará um caminho para facilitar o dia a dia dessa cadeirante aqui. Onde para cada caso é tentar achar alguma solução. Que no caso seria encontrar uma torneira para a pia, já que a mesma é muito alta. E uma torneira com filtro por ganhar espaço físico na bancada da pia. Mais! Num preço mais em conta, e com um tipo de registro de fácil manuseio.

A que juntava todos esses itens foi uma da marca Lorenzetti. Na época o material me deixou na dúvida quanto a durabilidade, mas lembrando dos chuveiros da mesma marca, era um risco improvável. Gostei do designer! Mas que colocado no lugar, a boca da torneira tinha ficado muito alta. Sem querer até levar um banho enquanto lavava a louça… Como solução: adaptar um pedaço de mangueira para descer mais a boca da torneira. De quebra colocando um chuveirinho para um controle no jato da água. Tudo pronto! Mesmo que o novo visual tivesse ficado “estranho”… Ela ficara perfeito para mim!

Mas minha mãe não gostou dela desde o início! E nem era por conta da aparência um tanto quanto erótica. Mas sim por causa do registro do tipo alavanca: para cima libera água do filtro; para baixo, da torneira; deixando-a no meio, fecha o fluxo da água. Justamente com esse tipo de registro que ela encrencou. Para mim ele trouxe a praticidade até em abrir a torneira com as mão cheias de sabão… Já para minha mãe que gosta de fazer tudo correndo, vez por outra não fechava direito, e respingava toda a pia… Como agora é ela quem mais lida na cozinha… Dei a ela o dinheiro para comprar uma outra com um outro tipo de registro…

Comprou e… Quis ela mesmo instalar e… Ela fecha um dos registros gerais e… Em vez de abrir a torneira antes até para deixar sair toda a água do cano… Ela já foi tirando a antiga torneira do lugar… Eu fui acordada com ela pedindo por um socorro e o barulho da água jorrando… Tinha água já atingindo o chão da sala… Resumo da ópera: liguei para o síndico que enviou um encarregado, que então colocou a nova torneira no lugar.

Bem, essa nova torneira me leva a pegar um pano para abri-la quando estou com as mãos ensaboada. Ela é fixa, a outra era móvel… Mas… Tudo pela harmonia aqui em casa! Mesmo que eu que tenha que ceder muito mais vezes! Te amo Mãe!

Vida que segue…

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: