Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘impunidade’

pizzaria-tucanaSob o manto judiciário-midiático os Tucanos seguem livres, não apenas aproveitando do produto de anos de corrupção, mas também cientes que podem continuar delapidando os cofres públicos impunes.

Seguindo a máxima que diz a quem que “aproveitar” impune do erário público, basta filiar-se ao PSDB.

Mesmo quando ilícitos tucanos chegam na mesa do judiciário… o que fica é que foi um caminho mais rápido para serem arquivados de vez e dali ficarem até prescreverem… Não há um bater do martelo condenando crimes tucanos!

FORA TUCANALHAS!

Anúncios

Read Full Post »

afundando-o-pais_era-temer_elvisSe não acabarem com o governo Temer (PMDB) ele acabará levando o país para um poço sem fundo… Com a farta fe$tança por lá… até para consolidar de vez o golpe de estado… Logo, logo Temer irá superar a era FHC (Esse levou o país ao FMI três vezes)… Mais do que levar também o Brasil a ser quintal dos Estados Unidos, será é o brejo deles…

Além disso implantadas todas as medidas logo também levará o Brasil de volta ao século passado… Com a indústria nacional reduzida a pó… Trabalhadores explorados numa quase servidão… Sem investimentos em vários setores: na Saúde Pública… As tantas conquistas na Educação irão se perder… No do setor produtivo onde nele se encontra a Agricultura Familiar – que já correspondia a 80% dos alimentos que consumismo – ficarão também perdidos… As medidas do governo Temer visam mesmo beneficiar banqueiros e rentistas, ou seja, ao especulador financeiro tanto o nacional como o internacional… Em resumo, é o pobre e trabalhador que pagará todos os patos… Inclusive aquele que a FIESP diz que paga…

É um governo de golpistas e para os golpistas do andar de cima! E assinando embaixo a esse comentário: Uma quadrilha de hipócritas que utilizou-se da intolerância e do preconceito de uma “sociedade branca, elitista e machista” para se locupletarem num ciclo de corrupção, impunidade, poder e dinheiro. FORA TEMER!

Read Full Post »

coxinhas-foram-as-ruas-para-governo-temerCoxinhas, sem essa de tirarem os seus da reta! Vocês também são responsáveis por esse mar de lama que se instalou na presidência do país! Vocês foram às ruas pedir por isso! Já que tirando a Presidente Dilma, ele que governaria o país.  Não podem já ter esquecidos! Mais! Não podem mais dar a desculpa de que não estão sabendo do que ocorre em Brasília porque agora há fatos que o PIG estão noticiando. Os áudios que já levaram a queda de Ministros foram publicados num deles. Então, toma que esse filho – Temer & Cia. – são seus!

Trago isso à baila porque atualmente a desculpa mais usada pelos coxinhas seria de jogar a culpa do (des)governo do Temer nos nossos ombros. Então é hora de acabar com esse mito!

Nós não votamos nele, votamos sim na Presidente Dilma e pela continuação de um governo pelo social, que entre muitos programas tirou o Brasil do mapa da fome (ONU). Agora, para que ela pudesse continuar levando a frente seus programas teve que aceitar ter o Temer na Chapa. Nenhum Presidente consegue governar sem apoio do Congresso. Nem o dos Estados Unidos! Só vocês, coxinhas, que parecem não entenderem isso. E aceitar a presença não quer dizer que compactua com algum programa dele ou do PMDB. Nos áudios gravados pelo Renato Machado, vimos que ela não compactuou nem com STF!

Assim, ao irem às ruas – patrocinados e sob os holofotes da mídia golpista – acabou que foram vocês que elegeram Michel Temer e seu (seu)governo.

Mas podem mudar esse jogo! Voltando às ruas para pedirem à volta da Presidente! Até porque o que também está em jogo agora além da legalidade democrática, dos direitos sociais e trabalhistas é a liberdade política de todos os brasileiros. Eles não querem fiscais! Querem continuarem mamando os cofres públicos impunemente! Pensem nisso!

Read Full Post »

adolescentes-rebeldesOs menores hoje são 007: têm licença para matar.” O recém empossado delegado geral da Polícia Civil de São Paulo trouxe de volta à mesa de debate a questão do menor delinquente ao citar a frase acima. Ou melhor, da impunidade que deixam esses menores cada vez mais violentos. Talvez num recado direto aos congressistas para uma PEC de 2007 que trata da diminuição da maioridade penal para crimes hediondos. Leis mais duras seria mesmo a solução para a violência urbana advinda dos “menores” que praticam crimes com requintes de crueldade?

Venho falando já há algum tempo desses jovens! Em um dos artigos, foi mais uma reflexão de onde viria tanta crueldade, até porque não sou psiquiatra… Como leiga no assunto me pergunto que não pode ser só pelo o meio em que vive porque há quem passa incólume a onde mora mesmo sendo esse local uma “terra sem leis…”. Só para citar um exemplo, mesmo que bem antigo (década de 70), ele mostra que o “assédio” pelos os que já se encontram no “desvio” não é algo recente: “Certa vez saindo da escola já anoitecendo me deparo com um colega esfregando os olhos. Achei até que fosse por algum cisco… Em resumo: Ele contou que fazia isso para fingir que já estava drogado e assim poder chegar em casa a salvo, e sem ter que criar atritos até com amigos de infância vendendo drogas pelas ruas.” Indo além até do “recrutamento” desses jovens principalmente por levarem junto o carimbo de impunes, fica um outro problema para onde seriam levados caso viessem a ter que de fato cumprir penas ai saindo da infração para crime. Haverá locais para mais esse contingente? Já com cadeias e presídios lotados por adultos. Mais! Haverá profissionais realmente envolvidos até com a ressocialização desses jovens? Sem esquecer de que fica uma outra reflexão. Se em sua grande maioria só serão apenados os das classes sociais pobres.

Uma outra reflexão seria onde essa “impunidade” começou? Posso estar falando bobagem, mas eu penso que veio pelo ECA. Embora eu aplauda tal estatuto! Talvez o mecanismo tenha sido pela elaboração dele. Porque mexer muito na criação de uma lei pode acabar abrindo precedentes que poderão fugir da ideia inicial. Creio que foi o que aconteceu com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Já que acabou dando impunidade em vez de medidas preventivas ante a Delinquência Juvenil. Deu a eles como o que disse o delegado: “Licença para matar!”.

Se no início o foco era para as crianças que trabalhavam nas carvoarias, nos engenhos… exploradas por “patrões” gananciosos… Talvez já teria sido melhor terem criado estatutos em separado: com um já voltado para o menor infrator. Mas talvez ai esse primeiro nem sairia do papel. Até pelas reflexões anteriores. Já que demanda um estudo jurídico. Sem esquecer do campo da psiquiatria avaliando e avalizando se estariam diante de um menor com tendências psicopatas (Atualmente o termo correto seja sociopata). Creio que para esse seja difícil ressocializá-lo.

De qualquer modo o ECA foi um avanço nos direitos para crianças e adolescentes. Cabendo a sociedade em geral ministrar que eles têm também deveres como cidadãos. Criando mais oportunidades até para não entrarem no mundo das drogas que ao meu ver tem sido a principal porta para o crime. Com um misto de recreação, esporte e cultura mantendo a mente e o corpo ocupado com algo salutar. Sem esquecer também de cursos profissionalizantes. Até por conta disso eu ainda boto fé nas UPPs do Rio de Janeiro. Por também estar envolvida nessa causa: do “salvamento” desses menores, até com aqueles que ainda não foram “recrutados” pelo tráfico. Claro que também há os “de menor” nas classes mais ricas que até têm como pagar por advogados como um dos fatores para saírem barbarizando por aí se sentindo impunes. Ficando mais uma reflexão: a de que em países onde o “de menor” é penalizado isso tenha contribuído para frear essa violência vinda deles.

Mas antes de se pensar em penas mais severas para crianças e adolescentes que cometem crimes hediondos eu ainda sou propensa a que em primeira instância recebam principalmente uma aula sócio-educativa, passando também por avaliações psicológicas. Algo que também poderia ser estendidos aos pais. Mesmo que muitos deles não tenham culpa dos atos dos filhos – de que a violência que praticam com as pessoas não tenha sido gerada dentro da própria casa -, com a tal aula os pais aprenderiam a lidar com esse filho. Como também sou amplamente favorável a comutação de penas alternativas também numa forma de suar a camisa.

Agora, em relação ao jovem “psicopata” até que os estudiosos provem o contrário acho difícil a ressocialização. Mas à favor que se esgotem todos os recursos enquanto ele é um “de menor”.

Read Full Post »

Por vezes, não dá para ao menos fazer com que mais e mais pessoas tomem conhecimento de um fato. Ainda mais quando ele mostra que o andar de cima do país ganham o direito de não apenas saírem impunes, como também em continuarem enchendo seus bolsos com o dinheiro público. Mais! Numa de que para eles a Justiça do e no Brasil é totalmente cega. No sentido que encontra meios para inocentá-los. Mostrando a todo o povo brasileiro que Ela é só para o andar de baixo.

Sendo assim, pedindo licença ao Arthurius Maximus para trazer trechos de seu excelente artigo publicado hoje no Visão Panorâmica. E deixando um convite aos leitores daqui porque vale a pena ler na íntegra.

O JUDICIÁRIO, A TERRA DA IMPUNIDADE E UM CASTELO DE AREIA.

Mais uma vez o Judiciário Brasileiro, através de uma de suas altas cortes (o STJ – Superior Tribunal de Justiça) vem em socorro dos corruptos e, numa decisão que causa estranheza a qualquer pessoa de bom senso; invalida a Operação Castelo de Areia e livra, numa única canetada, dezenas de políticos, ministros de Estado, empreiteiros, industriais e o próprio atual vice-presidente da república, Michel Temer.

Os partidos beneficiados pelo esquema de superfaturamento de obras e repasse de dinheiro para financiamento de campanhas formam uma miríade que abrange todas as ideologias e cadeiras do Congresso. Foram destinatários do dinheiro sujo, segundo as conclusões da operação: o PPS, PSDB, DEM, PT, PSB, PDT, PP, PTB e PV.

A justificativa dos ministros do STJ para liberar os canalhas e “lavar” todo esse dinheiro sujo foi de que as interceptações telefônicas, responsáveis pelo início das investigações e pela exposição desse esquema sórdido, foram fruto de denúncia anônima. Mesmo AUTORIZADAS judicialmente.

Ora, caro leitor, nossos ministros do STJ acabam de abrir um precedente para libertar milhares de traficantes, assassinos, ladrões de carga, pedófilos, torturadores de crianças, corruptos de todos os naipes e – na mesma tacada – acabaram com a utilidade de serviços como o Disque Denúncia.

Assim como o Mensalão caminha para o esquecimento e a Satiagraha deixou como único punido o delegado que não aceitou propina; a Operação Castelo de Areia também se dissolve sob o ataque inexorável das ondas do mar de lama e de corrupção que banha as praias desse nosso país chamado Brasil.

Pense nisso.

(Visão Panorâmica)

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: