Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Psicologia’ Category

midiotasO “Manual do Perfeito Midiota” é uma leitura, ou mesmo uma releitura, bem apropriada por esses dias… Até como uma ajuda em saber lidar com ele… Caso esteja disposto em tentar dialogar com um menos irado. Já que com os muito irascível é perda de tempo. Ou mesmo para facilitar com aquele que já vislumbra algo errado vindo da parte dos golpistas, em manter uma conversação maior e de esclarecimentos. Até porque o autor faz um desenho perfeito de como o midiota “pensa”.

O jornalista Luciano Martins Costa conta que se inspirou no livro de “Being There”, de Jerzy Kosinski, publicado em 1970. O que já denota que isso vem de longa data! Esse livro tem uma versão em filme, o “Muito além do jardim” (de 1979), com Peter Sellers. Eu não li o livro do Kosinski, mas vi o filme e  recomendo! No Brasil o livro “Being There” recebeu o título de “O Videota“. Assim, o Luciano ambientou a temática para a atualidade brasileira: onde de um lado temos a mídia golpista e do outro lado da tela, a massa a ser manipulada. Se bem que nos últimos anos com a propagação da internet, uma considerável parte deixou de seguir essa imprensa golpista indo atrás da outra versão dos fatos. O que por sua vez o levou de vez a deixar de ser um midiota. Eu confesso que sou uma ex-midiota!

O “Manual do Perfeito Midiota” trata-se de uma série de artigos iniciados em 2015. Ótimos, por sinal! Ao longo da leitura ele da exemplos como esse do primeiro artigo: “O diagnóstico é simples e pode ser feito por você mesmo. Por exemplo, você leu nos jornais que o desemprego de março superou o de fevereiro, e saiu por aí dizendo que o Brasil está à beira do abismo. Nem se pergunta quantos dias úteis tem fevereiro, se esse é um mês em que as pessoas esperam arrumar emprego etc. Se você assumiu que o Brasil foi para a cucuia, parabéns: você é um midiota quase perfeito.”

Ou como esse do segundo artigo: “Se você é do tipo que acredita que o filho do Lula é dono da Friboi está no bom caminho – pois mesmo com as grandes exigências de compliance, entende que o filho do ex-presidente possa ter se tornado acionista majoritário de uma das maiores empresas do mundo sem que ninguém se desse conta. Se você não sabe, compliance é um sistema legal de controle empresarial que, entre outras coisas, impede a ocultação de capital. Serve, por exemplo, para prevenir conflitos de interesse e evitar que grupos terroristas ou criminosos se apossem de grandes recursos financeiros.

Ou como esse do terceiro artigo: “Agora que algumas turbulências complicam um pouco mais sua vida, a culpa é do Estado e de seu gestor, o governo. Sinto muito, mas não dá para encarar essas contradições sem deslocar você da zona de conforto proporcionada pela condição de midiota. A mídia tradicional, na qual você acredita religiosamente, não está a serviço da classe média tradicional, aquela casta que antigamente era chamada de burguesia. Ela usa a burguesia para atender aos interesses de uma minoria que fica um pouco acima no andaime social. Como sempre, o cidadão comum funciona como massa de manobra, porque o sistema da mídia o faz suspirar pelo andar de cima e desprezar seus próprios pares.

Esses foram só pequenos petiscos de um cardápio bem maior! E que para facilitar linkarei todos os artigos que ele publicou até agora, e caso haja mais, eu também trarei os links. Então, fica a sugestão! Eu gostei muito!

E como o próprio autor diz, pensar dá trabalho! Mas mesmo assim, pense!

  • Luciano Martins Costa: Jornalista, mestre em Comunicação, com formação em gestão de qualidade e liderança e especialização em sustentabilidade. Autor dos livros “O Mal-Estar na Globalização”,”Satie”, “As Razões do Lobo”, “Escrever com Criatividade”, “O Diabo na Mídia” e “Histórias sem Salvaguardas”.

http://brasileiros.com.br/2015/12/manual-perfeito-midiota-1/
http://brasileiros.com.br/2015/12/manual-perfeito-midiota-2/
http://brasileiros.com.br/2015/12/manual-perfeito-midiota-3/
http://brasileiros.com.br/2015/12/manual-perfeito-midiota-4/
http://brasileiros.com.br/2016/01/manual-perfeito-midiota-5/
http://brasileiros.com.br/2016/01/manual-perfeito-midiota-6/
http://brasileiros.com.br/2016/01/manual-perfeito-midiota-7/
http://brasileiros.com.br/2016/01/manual-perfeito-midiota-8/
http://brasileiros.com.br/2016/02/manual-perfeito-midiota-9/
http://brasileiros.com.br/2016/02/manual-perfeito-midiota-10/
http://brasileiros.com.br/2016/02/manual-perfeito-midiota-11/
http://brasileiros.com.br/2016/02/manual-perfeito-midiota-12/
http://brasileiros.com.br/2016/03/manual-perfeito-midiota-13/

Anúncios

Read Full Post »

oscar-2016_um-basta-a-violencia-as-mulheresAté por estarmos às vésperas do Dia Internacional da Mulher, 8 de Março, trago para cá algo que escrevi sobre o Oscar 2016… Em especial, momentos que conclamaram a todos nós a dar um basta na violência às mulheres. Numa mesmo de mudar de posturas até em fingir não ver, ou não se calar… Mas querendo mais é mudar o comportamento dos que cometem tal barbárie. Em não se verem como donos, superiores… a nós mulheres! Ainda mais que o machismo ainda é culturalmente aceito, tolerado, e em muitos países. Assim, não dar para calar! Basta!

Um dos momentos no Oscar 2016, começou com o discurso não de um dos premiados, mas sim por aquele que apresentou uma das canções concorrentes… Alguém de peso! Não apenas por ser ele o vice presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, mas por se tratar de uma bandeira dele desde quando ainda um Senador, quando então criou uma Lei contra a violência com as mulheres. Num discurso em tom ameno, Biden conclamou a toda a sociedade a abraçarem essa causa, assim como a também tentarem mudar toda uma cultura machista! Great!

Uma expressiva apresentação pois a canção “Til It Happens To You” pertencia ao Documentário “The Hunting Ground” que fala dos estupros em campus universitários americanos. Mesmo que também tenha entre suas vítimas homens, são violentados por outros… O filme também mostra que as direções dessas instituições se preocupavam mais em encobrir o fato em si. Além dos depoimentos, e até por eles, as vítimas além da violência sofrida, lutam por justiça e pelo direito de estudarem em paz. “Til It Happens To You” foi escrita e interpretada por Lady Gaga, cuja a apresentação contou com a presença de vítimas de violência sexual. Bem, a canção não levou a estatueta… Agora, por certo emocionou, além de dar voz a essas pessoas! Bravo, Lady Gaga!

Ainda dentro deste triste contexto… O “A Girl in the River: The Price of Forgiveness“, do Paquistão, ganhador como Documentário de Curta-Metragem, conta a história de uma jovem que se apaixonou e ao tentar fugir enfrentou a “lei em nome da honra”… Por sorte sobreviveu e com coragem para contar essa história ao mundo. Até para mostrar a de centenas de mulheres que são mortas anualmente por essa mesma “lei”. Em seu discurso, a Cineasta Sharmeen Obaid-Chinoy disse que após assistir ao filme, o Primeiro Ministro do Paquistão decidiu mudar a lei que mata mulheres em nome da honra; além de exaltar aos homens que incentivam as mulheres a estudarem, em terem profissões… É! É tentar mudar um comportamento machista! Bravo!

Ainda dentro do Oscar 2016, e aí até mais em relação aos que pré julgam até com violência a quem se deixa levar pelo mundo das drogas… Vale também trazer o pelo Documentário “Amy“: uma obra que disseca com raro discernimento as dificuldades que Amy Winehouse enfrentou no decorrer da vida. E ao receber a estatueta o Diretor Asif Kapadia diz que quis mostrar ao mundo não aquela menina dos tabloides, mas sim a bela menina, inteligente, espirituosa, talentosíssima… A menina que silenciosamente clamava por cuidados… Eu ainda não vi, mas só por esse olhar respeitoso do diretor, já me motiva a ver!

Assim, que bom que o glamour da entrega do Oscar permaneça mais no Tapete Vermelho… Que mais uma vez alguns dos premiados não ficaram só nos agradecimentos de praxe, usando o tempo e ao alcance de milhões de pessoas, com discursos onde abraçaram causas maiores… É! Foi o Oscar 2016 conclamando a todos por mudanças de posturas! Por mais consciência pela coletividade! Por um Basta na violência as mulheres! E um “Oscar goes to” para todos eles! Aplausos!

Read Full Post »

espiral-da-vidaGosto de pensar na vida, no modo de se levar essa jornada chamada vida como uma espiral. Onde ao se concluir um importante ciclo que alcancemos uma oitava maior para então seguir em frente com mais o essencial. E que mesmo que logo após completar esse “360º” ainda possamos ter que vivenciar algo com a sensação de dejà-vú ou mesmo em algo com cara de “nada mudou” o estaremos vendo por um outro ângulo: da maturidade, da aceitação, da conscientização… Enfim, porque foi nós que mudamos e não o fato em si. Até porque como bem diz o dito popular que o que não tem remédio, remediado está.

_Qual caminho eu devo seguir?
_Depende de onde você quer chegar.“ (Alice e a Lagarta Azul.)

A vida é uma escola! Onde pessoas e acontecimentos ora nos deixam lições, ora experiências… Que vão compondo nossas vidas em capítulos e mesmo que tenham sido de uma única página não passaram em branco. E que mesmo que tenham sido doloridas, foram, são aprendizagens… É a nossa história sendo escrita por nós mesmos! Onde de tempos em tempos se faz necessário uma parada para uma revisão até pelo o que se acumulou até então. Para também retiramos cargas inúteis e então seguir em frente com cada vez mais com aquilo que realmente importa.

O que não enfrentamos em nós mesmos, encontramos como destino.” (Carl G. Jung)

Pois é! Essa paradas também nos ajudam a enfrentamos aquilo que nos assombra. Tendo consciência disso esse tempo nos dirá como agir com essas forças “estranhas” – ou por algo que fora adquirido ou por algo que já faz parte da nossa essência -, e então canalizá-las em benefício da nossa evolução. Até porque às vezes nossos defeitos se sobre ponhem as nossas qualidades. Mas vale lembrar também o quanto esse processo pode ser trabalhoso, difícil mesmo de se fazer sozinho, para isso então se faz necessário uma terapia com ajuda de um profissional da área psico. E então aprender a se lidar com elas, nossas próprias “sombras”. E então seguir em frente sem medo de ser feliz!

Estamos tão acostumados a nos disfarçar para os outros, que no fim acabamos disfarçados para nós mesmos.” (François de La Rochefoucauld)

Então é isso! Levar a vida como uma espiral com paradas para revisões para nos conhecermos como indivíduos sim, mas com a descoberta de que somos seres sociais querendo fazer desse mundo um lugar melhor para todos nos vivermos!

Um Feliz 2016 para Todos nós!

Read Full Post »

cadeirante_banho_como-super-heroiPois é! Como uma Cadeirante pega o sabonete que caiu ao chão na hora do banho? Mas antes o de que como se trocar uma lâmpada no teto, poderão ler aqui… Que por sinal o problema também surgiu no banheiro. Um cômodo essencial, mas também bem problemático para nós cadeirantes. Muito mais para quem também se vira com a grana curta… Adaptando-se para vencer as limitações diárias… Até para uma certa independência em usar o banheiro: quer seja para as necessidades fisiológicas, quer seja para um prazeroso banho de chuveiro… Assim…

Tendo transposto a barreira de se situar dentro do boxe… já que entrar e sair dele é uma operação de alto risco precisando estar atenta pois um vacilo meu pode acarretar um tombo sério… é então tomar o banho! Até que nessa hora pode ocorrer do sabonete cair no chão. Eu até costumo ter mais de um dentro do boxe, ou como o banheiro é muito pequeno tenho como pegar o do lavatório. Mas um vacilo e lá se vão ambos para o chão. Então como apanhá-los?

Eu até tenho também sabonete líquido dentro do boxe. Mas acontece que para lavar o bum-bum eu enterro as unhas no sabonete e com isso “fechar” bem toda a área debaixo das unhas. Mania, eu sei! Mas até faço isso ao lidar com a terra em vasos de plantas. É uma proteção à entrada de germes. No caso em questão o das fezes que passam pela bunda!

De qualquer forma eu não insistia muito nas tentativas para pegar esses sabonetes caídos ao chão. Terminava mesmo pegando-os depois de sair do banho com uma pá para lixo com cabo na vertical. Há muito que tenho uma na área de serviço que tem sido muito útil para mim pegando tudo que cai ao chão. Onde para se pegar certas coisas, eu a lavo antes. Até já pensei em ter uma em meu quarto para uso que não seja para lixo. Mas por hora comprei mesmo uma para ficar dentro do boxe. E desde então esse problema foi resolvido! Sabonete, bucha de banho, ou mesmo frasco de shampoo quando cai no chão do boxe eu pego com a pá com cabo em pé.

E com isso, de vez em quando eu também venho com um dos propósitos desse blog que é em contar os perrengues no dia a dia de uma cadeirante pobre que ainda quer viver muito tempo ainda! São soluções práticas, sem precisar ser uma super heroína, e que até podem ajudar outras pessoas que os não cadeirantes podem conhecer!

Read Full Post »

nao-a-discriminacaoNo mundo atual ainda há muitos guetos. Uma onda de ódio, racismos, preconceitos, discriminações… varre o planeta até numa barbárie que nos deixa incrédulos! De querer saber do porque de tanta violência? E a troco de que? Por que? Ganância? Poder? De se sentirem seres superiores baseando-se na aparência física de alguém, pela pele, pela classe social, pela sexualidade…? De subjugar seja quem for para manter o status quo? Até onde irão?

Assim, em datas como a de hoje, Dia da Consciência Negra, é hora também de uma parada para uma reflexão, ou várias… De saber qual o nosso papel nesse contexto? Se queremos de fato um mundo mais justo, com menos desigualdade social, com muito menos violência? Então sinta dentro de si qual é o seu papel no mundo atual!

E se somos nós os “diferentes” nesse mundo ainda tão elitista, tão segregatório… vamos então espalhar, espelhar no mundo os reais valores: amor, solidariedade, amizade, gentileza, humildade… O presente da História da Humanidade precisa dessas pontes!

“Se não puder voar, corra. Se não puder correr, ande. Se não puder andar, rasteje. Mas continue em frente de qualquer jeito.” (Martin Luther King)

Read Full Post »

por-mais-amor_charge-stockerAinda há muito ódio, raiva, violência, insultos no ar! Ainda se ouve muito: “Vou dar porrada!”, “Esfola!”, “Sua Filha da…”, “Vadia!”, “Mete o pau!”… É! Seria hora das mesmas mídias que tanto instigaram o povo a essas atitudes, em “desabilitar” toda essa violência da mente dessas pessoas!

Onde já se viu sentir orgulho de toda essa violência! Claro que uma parcela dessas pessoas já traziam dentro de si um desvio de caráter. Onde o que o PIG fez foi dar palanque para elas. Mas aí é caso de Psiquiatria! Com uma outra parte, um bom Psicólogo resolveria. Em até fazer com que descubram o porque desse ódio, dessa raiva, dessa violência que veio à superfície, mas que preferem culpar outra coisa, é a tal da transferência.

Toda essa manipulação do PIG acabou deixando no país um clima nefasto. Entristecendo os que estão verdadeiramente sofrendo por algo pessoal. Até por uma limitação pessoal, mas ciente de que ninguém tem culpa. Talvez o destino, mas aí se ainda sente tesão pela vida, nem isso. Eu até posso às vezes zoar com algumas dessas pessoas, os coxinhas atuais, mas no fundo me entristeço em vê-las tomando tal atitude. Como se não aprenderam nada da vida. Será que o Profeta Gentileza seria hostilizado por esses coxinhas?

Enfim, levantando a bandeira de: Por um Brasil com mais Amor!

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: