Feeds:
Posts
Comentários

outono_com-chuvaAgradando alguns, mas incomodando outros mais as Chuvas dessa semana vieram para lavar, hidratar, satisfazer, ajudar, nutrir… deixar nuas certas gestões do presente e do passado… mostrar que a Operação Lava Jato também está de trampolim eleitoreiro… expor que o Santos Dumont não decola… nublar a visão do “Lua de Sangue” para alguns… E no correr dessas águas eis que o Submarino tardou, mas entregou um pedido do Verão… É! São as águas do Outono 2014 que vieram matar a “sede” de cidadãos e políticos.

Eu classifico como Bom Tempo os dias chuvosos. Achando até errado quando nos telejornais define como mau tempo. Bem, cada um sabe o tamanho da sua sede.

Por mais transtornos que chuvas com rajadas de vento possam trazer ao já caótico trânsito urbano… como também em deixar em alerta moradores das áreas de riscos… até pelo longo período de estiagem no Verão que se foi… elas, as chuvas, são bem-vindas tanto no campo como nas cidades. E em se tratando do município do Rio de Janeiro, chuva é sinônimo também de temperaturas mais baixas. Ou seja: um friozinho relaxante.

Mas em se tratando da mobilidade urbana, se já causa transtorno em se chegar até o Aeroporto Santos Dumont, com um céu bem nublado esse aeroporto fica fechado. Pela topografia do local: uma pista curta com o Morro do Pão de Açúcar bem próximo. Mas às vésperas da Copa do Mundo o que a chuva expõe é a falta de preparo das empresas envolvidas na assistência aos passageiros a espera do voo. Algo que já deveriam estar dando uma lavada nesse gerenciamento.

Lá no céu também houve uma certa inundação… Da minha cama eu até vejo a lua no céu, mas confesso que estava dormindo na hora do Eclipse Lunar conhecido por “Lua de Sangue” que pode ser visto de madrugada. Talvez o céu nublado tenha deixado muitos sem poder ver. De qualquer forma em Outubro terá outro. E sobre esse nome: “Lua de sangue” é quando a região periférica da Lua ingressa no centro da sombra da Terra que tem uma cor âmbar. Onde durante esse período a Lua vista da Terra parece ter uma cor avermelhada. Causada pela luz do Sol e matizada pela atmosfera terrestre. Como a coloração nos crepúsculos.”

Enquanto os lesas pátrias do PSDB vão para o fundo do mar… tudo do PT vem à tona. E o que está boiando agora é a Operação Lava Jato (Que desmontou um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas.). No meio dessa enxurrada está a Petrobras. É que as investigações apontaram uma ligação entre o então diretor Paulo Roberto Costa com o esquema de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Yousseff. Que Costa pode ter recebido depósitos milionários do doleiro na conta de uma de suas empresas, a Costa Global, pois mantinha um controle detalhado de todas operações que ele intermediava entre a Petrobras, empreiteiras e fornecedores. A porcentagem que o ex-diretor da Petrobras receberia caso conseguisse contratos para elas seria de 50%. E tentando lavar a honra da instituição Graça Foster, a atual Presidente da Petrobras esteve ontem no Senado para esclarecer denúncias contra estatal em gestão passada.

É por essas e outras que eu acho que se deveria regulamentar a profissão de lobista no Brasil. Com normas rígidas como a que há nos Estados Unidos. Por achar que se tornando às claras as negociações diminuiria a sede dos que preferem as negociatas.

E no sabor das ondas… Finalmente o Submarino entregou ontem o último item que faltava de uma compra que eu fiz no início de fevereiro. Foi uma saga de Sampa até o Rio. Seria o presente de aniversário que eu daria a minha mãe, mas pelo atraso ficou como o do Dia das Mães. Até porque para a tal data em questão eu dei outro presente. De qualquer forma, tardou mas enviou. Valeu Submarino! Minha mãe amou os presentes! O que me deixa de alma lavada!

presente-de-um-grande-amigoEra uma vez… um cavalheiro motorizado deixara um convite para uma dama ir viver emoções incríveis num certo parque… Passado alguns anos…” Pois é! Se minha veia poética não tivesse se perdido na adolescência levando-me a quase relatos crus da minha realidade… Eu bem que poderia narrar essa nova história desse jeito. Até porque esse cavalheiro o qual eu o nomeei de Mosqueteiro numa história que já contei aqui, me presenteou com sua amizade… Esse ano, como se já não fosse um grande presente de aniversário passar um final de semana de Sampa na casa dele… O Taz (Rubens) me levou a conhecer o um lugar incrível: o Parque dos Sonhos.

O local também atende aos de “necessidades especiais” nos esportes dentro do eco turismo. Desde o tal convite batia uma vontade de participar dessas atividades… Fiz o Circuito das Tirolesas… o Rapel do BerroCavalgada… De pronto, já adianto que amei de querer participar até de outras mais atividades. Mas por hora paro por aqui porque essa aventura virá em alguns textos.

Agora é mais para deixar o registro desse presente de aniversário que eu ganhei esse ano desse dileto amigo. E que se como cadeirante não posso ser também companheira de jornadas de motocicleta, já posso ser nos “esportes radicais” dentro da natureza exuberante que ainda tem no nosso país… \o/ Eu, Taz e Zeca voando sobre planícies verdejantes belíssimas!

Claro que mais uma vez dei uma certa mão-de-obra para eles… Afinal, é complicado em se ter uma hóspede cadeirante! Pelo carinho recebido, sinto que sou bem-vinda! Mas longe de mim abusar. Juntou a vontade de revê-los com o conhecer o tal parque. Sendo que dessa vez, até por conta de um dia inteiro ficar para esse passeio, o turismo urbano dentro de Sampa ficou em conhecer a casa de outra dileta amiga: a Criz. E no percurso um pouco mais dessa cidade que aprendi a amar conhecendo-a de pertinho.

Assim… Esse grande amigo marca mais um divisor de água em minha vida porque até em rever minha foto no alto daquele rapel onde me senti literalmente nas nuvens… renovou a vontade de que ainda tenho muito para viver! Mais do que um presente, foi um presentaço! Valeu! Te quero muito bem!

chuva-fracaAs chuvas continuam caindo de forma descontroladas por esse país. Onde deveriam cair desse jeito, em especial nas nascentes dos rios em Minas Gerais, nem deram às caras. Apareceram sim no aeroporto da capital mineira. Por sua vez na capital fluminense desde ontem o que há é uma garoa. Chuva mesmo para hidratar a terra, nada ainda. Pelo menos está refrescando o Outono Carioca.

O Exército já está no Rio de Janeiro. Onde nesse final de semana ocupará o Complexo da Maré. Por um lado traz uma certa segurança aos moradores locais. Por outro fica uma indagação: para onde irão os “vendedores” de drogas e os usuários que não possuem dinheiro para sustentar o próprio vício. De qualquer forma é muito bom ter as Forças Armadas fazendo a segurança na cidade e até o término da Copa 2014.

Na saída de Sérgio Cabral que tentará vaga no Senado… assume o vice governador Luiz Fernando Pezão. Empossado nessa sexta-feira, 4 de Abril. Começa querendo revitalizar a Santa Casa de Misericórdia incorporando-a ao SUS. É uma excelente notícia pela qualidade dos médicos que essa unidade de saúde possui. Tomara que faça um bom governo nesses meses que faltam.

Em um mundo totalitário de uma cultura machista, um certo resultado nem mereceu ser reavaliado por parte do órgão de pesquisa. Acharam “normal” e publicaram. Somente com a reação das mulheres foi que o Ipea (Instituo de Pesquisas Econômicas Aplicadas) resolveu investigar achando o erro: que em vez de 65,1% dos entrevistados notificado anteriormente foram um total de 26% que concordaram com a ultrajante frase “que mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas“. Demissões de um lado, pedido de desculpas de outro… Ainda falta diminuir esse quadro, essa cultura da violência contra as mulheres. Até pelo clima com temperaturas altas, o vestir pouca roupa é um hábito saudável ao corpo. E nós mulheres não merecemos mesmo sermos estupradas!

E nesse rápido balanço… terminando com uma amenidade. Apregoando que é para celebrar a nova temporada da Série Game of Thrones, mas que também não deixa de ser uma estratégia para conquistar novos clientes os dez canais HBO estarão com sinal aberto nas principais operadoras do país entre os dias 4 a 6 de abril.

Se como dizia Drummond de que o Outono é muito mais da alma que do coração, se faz um tempo para atitudes pensadas sem descontrole emocional. Mas sem deixar de ser feliz!

a-chapa-ta-quenteBom para a cidade do Rio de Janeiro que um certo tiro que não saiu pela culatra… Estaria o Outono Carioca 2014 trazendo uma ducha fria para as manifestações?

É que os ataques recentes às UPPs*¹ deu a oportunidade que faltava ao Governo do Rio – e até aos cidadãos contrários vandalismos -, uma proteção também para a Copa do Mundo. Claro que essas unidades merecem toda a proteção para seguirem adiante! Mas ao trazer a Força Nacional*² e até um contingente das Forças Armadas*³ poderá se estender até esse mega evento internacional para as possíveis manifestações contrárias. Que do repúdio para o quebra-quebra a transposição costuma ser um pulo. Que façam as manifestações, mas sem violentar aquele que quer participar da Copa do Mundo 2014. Recebendo com gentileza esses torcedores, como também que irá trabalhar nesse evento que se inicia no dia.

Uma outra transposição advinda da grande estiagem no Verão passado ainda irá esquentar a chapa nesse Outono 2014. Alckmin versus Cabral pela captação de águas do Rio Paraíba do Sul. Levando a provavelmente 23 municípios do Rio de Janeiro a rezarem para São Pedro fazer chover muito no Sistema da Cantareira. Pensando no Paulistano diante do racionamento de água. Mas sem prejuízo para o fluminense que precisa desse rio em sua produção agrícola e pecuária.

E finalmente caiu uma chuva nesse início de Outono. Caiu com vontade, mas num curto espaço de tempo. Que pela longa estiagem a chuva caiu como quando se joga uma água numa chapa quente: vapores quente subindo. Logo, ainda não estamos em clima outonal. Precisa cair muita chuva para refrescar a temperatura dos dias e noites. Como também dando uma ducha fria nos ânimos dos mais exaltados. Hora de torcer à favor!

- *¹: Unidades de Polícia Pacificadora.
- *² Polícia Civil, Militar e Federal.
- *³: Exército, Marinha e Aeronáutica.

outono-2014Já que as águas de março não fecharam a estação anterior… Que então abra os caminhos do Outono que se inicia hoje.

Que o Outono 2014 traga chuvas para a cidade do Rio de Janeiro. Mas também e em maior quantidade para São Paulo que no calor do momento pleiteia pelas águas do Rio Paraíba do Sul. A gota d’água é pela vazante do Sistema Cantareira que abastece a capital paulista. Pois já houve racionamentos de águas. Perigando por um muito maior para os lares dos paulistanos.

Tudo isso denota o imediatismo dos governantes. Entra mandato, sai outro a política continua buscando pelo caminho mais fácil e mais rápido. Numa de que investimentos a longo prazo não trás votos. Despoluição permanente dos rios, controle na expansão habitacional urbana, leis que preservem nascentes… São apenas exemplos do que se faz necessário a continuidade. São interesses do povo à mercê dos Partidos Políticos. A transposição do Rio Paraíba do Sul para o Sistema da Cantareira não pode ser por desespero de causa. Precisa de um estudo até do impacto ambiental nos dois Estados.

Só para se ter uma ideia do descaso com esses “reservatórios” de água… Um estudo recente da organização SOS Mata Atlântica analisou a qualidade da água de 96 rios, córregos e lagos de 7 Estados Brasileiros. Revelando que 40% foram classificados como ruins e péssimos. Apenas 11% dos rios e mananciais apresentaram boas condições; e estando eles em Unidades de Conservação (Parques ou Reservas) e em locais onde a mata ciliar foi recuperada. Já os piores desempenhos ficaram em grandes adensamentos urbanos; e em grande número em São Paulo.

O estudo corrobora que a Região Sudeste necessita de uma política permanente que integre meio ambiente e população. Começando a educação nas Escolas e caso não haja uma conscientização pelos adultos recorram às multas. O Tolerância Zero com o lixo jogado nas vias públicas merece aplausos. Vale ressaltar também que as principais fontes de poluição e contaminação decorrem da falta de tratamento dos esgotos domésticos, de produtos químicos lançados lixos descartados de forma inadequada pelas cidades e de defensivos e fertilizantes pelas zonas rurais. Além do desmatamento.

Se essa tomada de decisão já adentrou no Planalto… estando em ano de Eleições… já da para imaginar o valor de cada gota dessa água. O jeito é ficar de olho no rumo desse rio…

Em quanto isso, seja bem-vindo Outono 2014!

verao-2014Nas bandas de cá nem as águas de março vieram fechar o Verão Carioca 2014. Que quebrou recordes de mais altas temperaturas em décadas. Também o de um menor índice de chuvas. Só não ficamos com riscos de racionamento de água como a cidade de São Paulo. Muito embora em muitos pontos do Rio de Janeiro houve falta de água. Altas temperaturas e sem chuvas ainda bem que não houve apagões.

Um calor tão abrasador… Parece ter acordado um velho urso incomodando outras nações. Que pelo jeito também não está tão velho assim. Querendo voltar a ser grande? Ou apenas mostrando suas garras ao mundo com a puxada da Crimeia? Claro que não da para tirar o caráter da violação da independência de uma nação. Nem mesmo sob a alegação de que nessa parte mais da metade da população são “ex” patriotas. No mundo atual não deveria haver mais guerras de etnias. Na Ucrânia todos deveriam se sentirem como um só povo. Vladimir Putin ganhou a simpatia do mundo ao dar asilo político a Edward Snowden; e que pelo o que esse jovem falou… as sanções políticas à Rússia atuais soa mais como uma retaliação a esse episódio passado. Putin também pelo seu posicionamento diante da Síria e Estados Unidos ganhou prestígio internacional; e num campo da ONU. Mas parece seguir a máxima que faz diferente do que fala. Evitou uma guerra acolá, mas fez uma invasão no em torno. Caindo por vez ao adotar leis anti-gay que desagradaram ao Ocidente. Novamente o mundo se dividindo em dois culturalmente.

O Verão 2014 se despede também com um triste quadro. Mais do que a banalização da violência no geral deixa a marca de que a violência contra a mulher continua e como algo banal. A mulher como troféu de guerra. E ai Ocidente e Oriente se unem por conta de uma cultura machista, desprezível e que se perpetua. Cena chocante que todos nós vimos: uma mulher sendo arrastada por uma viatura policial. Uma barbárie em plena cidade do Rio de Janeiro. Contamos também com punições para esse crime. Mas há um outro que continuará sem punições: de mulheres sendo estupradas em alguns países africanos. Mais! Esse tipo de violência ainda não se enquadra em pedidos por asilo político. Perseguidas, violentadas inúmeras vezes, são reféns também de política globais. Seria o caso de uma internacionalização de algo nos moldes da Lei Maria da Penha. De qualquer forma o mundo urge de um desarmar-se também espiritualmente, principalmente os homens.

O Verão 2014 sai de cena hoje, 20 de março. Se fosse escolher um nome para ele acho que seria o da ambiguidade. Ele não deixa saudades. E até já está indo tarde. No mais, eu diria a ele: “Feche a porta na saída!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 715 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: